oirártnoC oa aiD

etnerefid aid mu ioF

oditrevid

…etnaifased

Se ainda não perceberam estamos a falar do Dia Ao Contrário!

Expressões de surpresa e de espanto, muitos sorrisos e sonoras gargalhadas, de grandes e pequenos, preencheram a nossa sexta-feira, 31 de janeiro de 2020.

Estamos, sem dúvida, muito habituados às nossas rotinas e a fazer “as nossas coisas“. E, por isso, temos o nosso cérebro organizado de determinada forma. Assim, ao sermos surpreendidos logo pela manhã com:

- Pai/mãe o uniforme hoje não pode ir assim!!!

- Mas é do avesso ou mesmo ao contrário?

- Vou procurar e ler o quê…o nome do meu filho/a ao contrário?

- Esta mensagem diz para …Não estou a perceber!

Ficamos por momentos sem saber o que fazer ou dizer…

Pela manhã e ao final do dia, os pais esforçavam-se e os mais crescidos ajudavam os mais pequenos que eram os primeiros a rir.

Todos, dos mais pequenos aos maiores, se deixaram envolver nas brincadeiras, jogos e pela doce e divertida alteração do nosso dia-a-dia:

Saudações trocadas, cantar as “Boas Noites”, almoçar pela ordem inversa, posição para a sesta ao contrário, desafios em mensagens escritas ao contrário, para fazerem fora da nossa Floresta…

Percebemos o quanto as nossas rotinas são importantes, aprendemos que para quase todas as coisa na nossa vida há um oposto, estimulamos o nosso cérebro, fomos criativos mas sobretudo, deixamo-nos levar nesta desafiante brincadeira e

!!! son-omitreviD