Uma semana diferente no ATL

Era uma vez…
Um vírus como tantos outros, mas este não é bem assim… Coronavírus (COVID-19) é um pouco mais maroto, pois obrigou-nos a todos a ficar de quarentena, em casa.
Quarentena… Hmmm, o que é isto? É um substantivo, feminino… Ah ah ah, estamos a brincar, mas sempre se retém mais uma aprendizagem! No fundo, quarentena é a designação dada ao método de evitar a propagação de infeções, através do isolamento das pessoas ou de outros eventuais veículos de transmissão de determinadas doenças contagiosas. Inicialmente, como o próprio nome indica, a quarentena correspondia a quarenta dias de isolamento, mas os atuais conhecimentos sanitários permitem que esse período seja limitado ao tempo de incubação da doença suspeita.
No entanto, tal como já é habitual na Família Floresta Mágica, não podíamos deixar de transformar o isolamento em algo mais positivo, de aprender e de ter novos desafios! Nesse âmbito, mais uma vez, o nosso ATL está a fazer a diferença nas nossas vidas. 
Assim, esta semana tem sido muito diferente e cheia de novidades. Desde participar no jogo “Quem Quer ser Mentor da Reciclagem” e aprender mais sobre o tema com a família; a criar e partilhar apresentações, com os outros colegas ou com outras salas, afim de divulgar as informações que retivemos sobre como cuidar melhor do meio ambiente do nosso Planeta.
Entre fichas de trabalho de Português, Estudo do Meio e Matemática, fomos desafiados a dizer a tabuada enquanto realizávamos o rollchalenge ou o watter botle flip. Quanto nos rimos a tentar fazê-lo e ao ver os resultados uns dos outros!
Ainda a semana ia a meio e surgiu mais um novo desafio, novamente sobre o meio ambiente. Criar adivinhas! E tentar adivinhar as respetivas respostas. Foi muito divertido brincar com as palavras, aprender e dar a aprender.
Na quinta-feira, tivemos um dia muito especial. No dia do pai, a sua caricatura tivemos de fazer, bem como uma mascote com material reciclado conceber. Mas como lhe havíamos de chamar? Tivemos de inventar um nome com as seguintes sugestões: “mágica”; “19” e um nome dado pelo pai. Sem dúvida, um dia do pai muito diferente, mas com igual carinho, amor e dedicação!
E não se esqueçam, amiguinhos, agora que a semana está a terminar, os desafios feitos temos de partilhar!