Plantando as sementes da amizade

Hoje, passamos por cá para vos contar como tudo isto começou. 

Começámos por explorar a estrutura externa de um livro. Capa, contracapa, lombada. Percebemos o significado de cada um dos elementos e a sua importância.
 

Fizemos uma ficha técnica e descobrimos o título, o autor, o ilustrador, a editora, as personagens e, no fim, o assunto da história: "Estarei sempre contigo".
 

Uma história de um urso e um esquilo que eram grandes amigos e um dia decidiram separar-se. O afastamento fez com que sentissem falta um do outro e percebessem que juntos era tudo mais fácil e que eram uma equipa incrível. Tal como nós.
 

Nós, temos vindo a perceber o verdadeiro valor da amizade e a falta que os amigos nos fazem quando não estão presentes. Por isso, temos regado a nossa sementinha da amizade com uma nova dinâmica na sala: formação aleatória diária de pares. Os pares são formados por sorteio e, por isso, a cada dia temos descoberto amigos "novos". Sim, leram bem, novos. Sabem, há amiguinhos com quem estamos diariamente, mas com quem não interagimos. Não imaginam como isto tem sido uma verdadeira animação e como temos descoberto coisas incríveis de cada um deles.


Acreditamos que esta brincadeira na relações entre pares nos fará aprender a lidar com a atenção partilhada, a regular emoções, a controlar melhor os nossos impulsos, a imitar as ações do outro, a compreender as relações causa-efeito, a desenvolver habilidades de linguagem e comunicação e a resolver melhor os conflitos.