Embarcamos numa mega aventura!

Ser finalista significa que se está a frequentar o último ano de algo e, no nosso caso, significa muito mais do que isso. Significa que, para além de estarmos a encerrar o último ano letivo de pré-escolar, estamos a fechar (muitos) anos de convivência diária. Significa que todos rumaremos para caminhos diferentes. Por isso (e não sendo tão pouco quanto possa até parecer), embarcamos numa mega aventura: A NOSSA VIAGEM DE FINALISTAS!
Dois dias de pura aventura no Diverlanhoso. Calma! Dois dias? Como assim? Sim, é verdade! O parque escolhido era, de facto, de aventura, mas a nossa maior superação foi dormir todos juntos, fora de casa, longe do nosso ninho. Um primeiro voo com imenso significado: significou união, mas, acima de tudo, superação! Deixar os corações dos papás apertadinhos e viver a adrenalina de dormir com os amigos em camaratas. 
Por isso, começamos o primeiro dia da nossa viagem bem cedinho de mochila às costas e saco cama debaixo do braço. O autocarro levou-nos até à Póvoa de Lanhoso, com a promessa de que só sairíamos de lá no dia seguinte, carregados de memórias. 
Durante os dois dias, mostramos o quão valentes somos e entre slides, camas de rede, trampolins e minas subterrâneas fomos livres na imensa Natureza que nos rodeava. Se tivemos medo? MUITO. Se o vencemos? SEMPRE! E, assim, o objetivo desta aventura foi mais do que superado. 
Somos finalistas. Somos sala vermelha. Somos Floresta Mágica.