Caretos de Podence

O Careto é uma personagem mascarada do carnaval Português de Trás-os-Montes e Alto Douro, nomeadamente em Podence. É um homem que usa uma máscara, de nariz saliente, feita de courolatão ou madeira e pintada com cores vivas de amarelo, vermelho ou verde. Numa outra versão, em Lazarim a máscara é feita de madeira de amieiro e decorada com chifres e outros apetrechos.

De Chocalhos à cintura e vara na mão, os caretos são uma personagem engraçada que passa de geração em geração, de pais para filhos e de filhos para netos.

Correm, saltam, dançam, perseguem as raparigas solteiras e intimidam visitantes. A brincar, a brincar, este Carnaval é feito de tradições e enche de orgulho o povo da aldeia de Podence.

A festa de Domingo Gordo e do dia de Carnaval em Podence são da inteira responsabilidade dos Caretos, seres mágicos que vivem nas máscaras e nos trajes exuberantes, que invadem as ruas desta aldeia, para tirar os males e purificar a população. E claro está, dar umas “chocalhadas” nas raparigas casadoiras.

Esta forma de celebrar o Carnaval vem do tempo dos Romanos, embora alguns autores reportem estas festividades ao período Neolítico. Certo é que os rituais estavam ligados à entrada na Primavera e à necessidade das sociedades agrícolas terem umas boas colheitas.

A tradição esteve em risco de se perder nos anos 60 por causa da Guerra colonial e da imigração, que afastaram os homens desta aldeia do Conselho de Macedo de Cavaleiros. No entanto, vinte anos depois, a tradição foi recuperada.

Atualmente, são Património Imaterial da Humanidade da UNESCO e uma atração turística!