Tempo de plantar

        Chegou o Tempo… o Tempo de plantar. O tempo de fazer magia, de observar as mudanças em tudo o que nos rodeia, de fazer e ver crescer tudo o que plantámos com tanto carinho.
    Viajámos no tempo, entre o passado e o presente, pensando sempre “como será no futuro?”. Vimos que instrumentos utilizavam os nossos bisavós, como plantavam os nossos avós e como tratam e cuidam os nossos pais. 
        Explorámos os utensílios utilizados na agricultura, observámos vídeos sobre cada um deles, debatemos sobre as suas funções e percebemos a sua utilidade. Calçámos as galochas, colocámos o chapéu, arregaçámos as mangas e, com as mãos na terra, plantámos uma a uma as nossas alfaces. 
        Fechámos os olhos e torcemos muito, muito, muito, para que todas crescessem a tempo da colheita. Pedimos ao tempo para ser nosso amigo e para passar devagarinho para as vermos crescer a par com cada um de nós.  
        Plantámos com amor, carinho e cuidado, mas no fim do dia deixamos algumas questões…
        "E se fosse possível plantar Tempo? Como o poderíamos colher? O que faríamos com ele? Ofereceríamos algum do “nosso” Tempo aos outros?". 

        Teremos tempo para pensar sobre elas. 🧡